sexta-feira, outubro 27, 2006

HAPPY BIRTHDAY, SOULMATE!!!

E a pauta de hoje é toda voltada para uma pessoa em especial, meu yang semelhante, que tive o prazer de começar conhecer há exatos 8 anos numa festa com gente que eu jamais vira antes, onde a ausência de intimidade me levou a presenteá-la com o eric.
Clara, é inútil dizer o quanto lhe admiro, por tudo que você é, por tudo que me ensinou – ou pelo que aprendemos –, e por tudo e ainda está por vir. Faço de você parte integrante da minha vida, tornando-a nossa. Mesmo longe você está sempre comigo, num gesto, numa frase, até mesmo numa simples cerveja no fim do dia. Happy hours com duas pessoas, cachaças na beira da praia em dia de semana, conversas sérias – ou nem tão sérias assim, porque afinal de contas, essa vida não pode ser encarada com seriedade perene, porque em seu egocentrismo exacerbado, ela não nos leva a sério.
Comparo nossas diferenças como a pluralidade sublime dos seres universo, nem tudo nos devidos lugares, mas sempre muito bela e perfeita na sua singularidade.
Isso tudo é pra dizer que eu te amo, hoje - sempre, e que estarei aqui mesmo que seja pra rirmos juntas numa tarde chata de domingo, ou numa manhã cinza de qualquer segunda feira. Peço para que não se afaste demais a ponto de não poder lhe ver, de alguma forma. Você é uma parte de mim que eu não sabia que existia e agora que sei, não quero abandonar de forma alguma. Acredito que além de uma amizade, o nosso caso é um encontro de almas. Um beijo do tamanho do universo, mi corazón.

Um comentário:

Clara disse...

Ao menos essa data serve de alguma coisa: declarações de amor, que eu adoro.
Obrigada pelo carinho sem fim e por você fazer parte desta vida "grão de areia"
Pessoas como você tornam a existência menos ácida.

(L)

=**********